Futebol Formação

PARTILHE AS SUAS FOTOS [arquivos@portimonense.pt]

JUNIORES NO ESTÁDIO DA LUZ EM 61/62

Em 1961/1962, os juniores do Portimonense terão defrontado o Benfica na meia-final a duas mãos, perdendo 3-6 em Portimão e 0-10 no Estádio da Luz.

Para chegar a esta meia final com o Benfica, segundo consta, o Portimonense afastou na eliminatória anterior o representante alentejano nesta fase de apuramento de Campeão Nacional.
 
O Portimonense para chegar a esta fase no Nacional,  teria que ter sido Campeão Distrital do Algarve, mas não temos esses registos.
 
O testemunho de Manuel Verissimo Sousa por certo ajuda a fazer luz sobre este assunto: "Perdemos 6-3 no primeiro jogo. Não havia Nacional da I divisão ou da II . Ganhamos o distrital, eliminamos os alentejanos o que nos deu o direito a defrontar o Benfica que também tinha feito o seu percurso para depois, num só jogo jogar a final em campo neutro com o apurado da zona Norte para encontrar o campeão nacional".

Segundo alguns testemunhos, o primeiro jogo no pelado de Portimão, ainda deu para "disfarçar" as diferenças, mas depois na Luz, a jogar no relvado, os nossos jogadores sentiram grande dificuldade de adaptação e o desequilibro foi inevitável. O Benfica viria nessa temporada a conquistar o titulo de Campeão Nacional de Juniores.

Apesar disso, o projecto lançado por Fernando Cabrita, começava a mostrar serviço e as bases estavam lançadas para a construção de uma grande equipa como se veio verificar nos anos seguintes.

Treinador dos seniores à duas épocas e mentor deste projeto de formação de jogadores, Fernando Cabrita deixou o comando técnico do Portimonense e foi substituido sensivelmente a meio desta temporada.

Webgrafia:
www.facebook.com
www.facebook.com
      Mais artigos de 1961/1962
Deixe um comentário em baixo pelo Facebook ou envie para arquivos@portimonense.pt