Futebol Seniores

PARTILHE AS SUAS FOTOS [arquivos@portimonense.pt]

1922/1923: Resultados e classificações

O Lusitano FC, vence o 2.º Campeonato Distrital e torna-se a primeira equipa a representar o Algarve no Campeonato de Portugal.
Sobre o Portimonense, não se encontraram ainda quaisquer informações referentes a jogos nesta época. 

COMPETIÇÕES

DISTRITAL ALGARVE
2º Campeonato Distrital
        Fase Final
Taça Algarve
NACIONAIS
2º Campeonato de Portugal (Lusitano VRSA)
        Eliminatórias

TAÇA DO ALGARVE 1922/1923 

Pode ler-se no livro 50 Anos de história do Futebol em Faro; "O Sporting Farense... conquistou o torneio de preparação, designado por Taça Algarve, época 1922/23, troféu oferecido pelo Sr. Vidal Belmarço, mas ainda muito restrito em relação ao número de clubes concorrentes"

Sem dados disponíveis sobre os critérios de participação das equipas na prova ou sobre os jogos do Portimonense caso tenha disputado esta competição, no mesmo livro são referenciados os seguintes jogos com o Farense apurado diretamente para a meia-final
1/4 final: SL Faro 3 - 1 Lusitano
1/2 final: Olhanense 6-0 SL Faro
1/2 final: Farense - GC Olhanense (venceu o Farense)

FINAL
(14/1/1923)
Farense 3 - Olhanense 1 

VENCEDOR
Farense

Tal como na final do Campeonato Distrital anterior (1921/22) esta final da Taça Algarve foi envolta em grande polémica que agravaram as relações entre a Associação e o Olhanense e que se estendeu a uma grande maioria dos clubes algarvios em contestação ao elenco diretivo que culminou com a recusa desses clubes a participarem no Campeonato Distrital de 1922/23.

Sobre essa final, sabe-se que o Olhanense abandonou o campo aos 22 minutos da segunda parte, por ordem do seu Presidente em protesto pela validação  3º golo da equipa do Farense por alegadamente a bola não ter entrado na baliza.

Mas esta situação foi apenas o culminar de um desentendimento que já vinha de véspera com o Olhanense a contestar a utilização do espanhol Vilagran que tinha acabado de chegar ao Farense e que segundo os regulamentos, qualquer estrangeiro  teria que ter 3 meses de residência fixa em Portugal para poder ser inscrito.

O Farense teria entregue um certificado passado pelo  cônsul espanhol e que teria sido aceite e aprovado pela Associação, facto que a direção do Olhanense repudiou e contra o qual se insurgiu alegando que tal documento para ter validade teria que ter sido passado pelas autoridades nacionais.

 


(Jornal "O Algarve" de 28/1/1923)

 

2.º CAMPEONATO DISTRITAL 1922/1923  

FASE DE APURAMENTO 

Na Segunda edição do Campeonato Distrital do Algarve, não houve Fase de Apuramento e apenas três equipas inscreveram-se para disputar diretamente a Fase Final do campeonato Distrital do Algarve.

Esta situação, resultou do desentendimento inicial entre a AF do Algarve e o Olhanense (Final do Distrital de 1921/22 e Taça Algarve 1922/23) ao qual juntaram voz, diversos clubes que exigiam a eleição de uma direção formada por todos os clubes inscritos acabando com o monopólio da Associação só ter representantes das equipas de Faro.

Sem solução para o diferendo e a ficar sem tempo, pois o Algarve precisava de apurar um Campeão Regional para representar a Associação no II Campeonato de Portugal, a AF do Algarve avançou diretamente para uma fase final disputada pelas 3 equipas que se inscreveram.

FASE FINAL
EQUIPAS
Lusitano FC
Sport Lisboa e Faro
SC Farense

JOGOS (conhecidos):

1ª Volta
0/0/0000: Lusitano FC 1 - Farense 0 
0/0/0000: SL Faro  0 - Farense 3
0/0/0000: Lusitano FC 3 - SL Faro 1 

2ª Volta
08/04/1923: SC Farense 3 - SL Faro 2 
15/04/1923: SL Faro  1 - Lusitano FC 2 
22/04/1923: SC Farense 0 - Lusitano FC 1(*)
(*) O último jogo colocava frente a frente as duas melhores equipas, Lusitano com 6 pontos e Farense com 4. Em caso de vitória do Farense as duas equipas terminariam em igualdade pontual o que obrigaria a uma finalíssima visto que o goal average ainda não era considerado para desempate nesta altura. Com a vitória do Lusitano  em Faro a classificação final ficou definida e o Lusitano sagrou-se o Campeão do II Campeonato Distrital. 

CLASSIFICAÇÃO FINAL
1.º Lusitano FC: 8 pontos
2.º Farense: 4 pontos
3.º SL Faro: 0 pontos

CAMPEÃO DO ALGARVE
(Apurado para disputar o 2.º Campeonato de Portugal)  
Lusitano FC 

 

2.º CAMPEONATO DE PORTUGAL 1922/1923 

(Disputado por eliminatórias) 

Na 2.ª edição da prova já participaram seis campeões regionais, representantes dos principais centros "futebolísticos". 

O Lusitano de Vila Real de Santo António, foi o primeiro representante do Algarve no Campeonato de Portugal. 

Segundo parece, as equipas de Lisboa e Porto foram colocadas diretamente numa meia-final, tendo as equipas das outras associações que disputar eliminatórias até chegar à outra meia-final, onde iriam defrontar a equipa representante do Funchal. 

Campeões Regionais, apurados para o Campeonato de Portugal: 
Sporting Club de Braga (BRAGA)
Football Club do Porto (PORTO)
Associação Académica de Coimbra (COIMBRA)
Sporting Club de Portugal (LISBOA)
Lusitano Football Club (ALGARVE)
Club Sport Marítimo (FUNCHAL)

1.ª eliminatória (centro/norte) 
Académica de Coimbra 2 - SC Braga  1 

2.ª eliminatória (vencedor: centro-norte/sul) 
Académica de Coimbra 3 - Lusitano FC  2 

1/2 finais 
Académica de Coimbra 2 - CS Marítimo 1 (Continente/Madeira) 
Sporting CP 3 - FC Porto  0 

 

FINAL
(Santo Stadium em Faro, 24/07/1923)
Sporting CP 3 - Académica de Coimbra 0

Ao contrário do que havia acontecido na época anterior com a final a ser disputada a duas mãos, esta época disputou-se num só jogo e em campo neutro.
O "Santo Stadium" em Faro, inaugurado em maio de 1923 foi o escolhido para receber esta final da 2.ª edição do Campeonato de Portugal. Este recinto, a partir de 1930 passa a designar-se de "Campo de São Luís" e mais tarde em 1957 passou a "Estádio Municipal de São Luís"


CAMPEÃO DE PORTUGAL
Sporting CP 

 

(Diário de Lisboa 25/6/1923)

 

 

Webgrafia:
www.facebook.com
      Mais artigos de 1922/1923
      Plantel Seniores de 1922/1923
Deixe um comentário no Grupo de Facebook
ou envie para arquivos@portimonense.pt
 
504