Clube

PARTILHE AS SUAS FOTOS [arquivos@portimonense.pt]

VIRGÍLIO VIEIRA

Virgílio Vieira, funcionário exemplar deste clube ao longo de mais de 40 anos faleceu em Maio de 2009.

Em cada canto em que se vivesse e respirasse futebol Virgílio da Silva Vieira tinha um amigo: ao longo de décadas cultivou e cimentou um relacionamento marcado pela lealdade e descrição, características que manteve até aos últimos dias da sua vida, sendo, também por isso, uma pessoa admirável.

No que dizia respeito aos assuntos do seu clube de sempre, no Portimonense como dirigente ou como funcionário, ninguém sabia mais que Virgílio Vieira. Em 2003, aquando da elaboração do livro sobre a história do Portimonense, teve uma relevante e nalguns casos decisiva colaboração.

Descobriu actas antigas, esclareceu dúvidas, indicou pessoas que poderiam servir como fontes sobre este ou aquele episódio e mostrou ser uma verdadeira enciclopédia viva do Portimonense, fruto do amor ao clube e da colaboração prestada a sucessivas direcções que passaram pelo comando deste clube.

Nos últimos meses, já doente, procurava no trabalho e no futebol um bálsamo para o sofrimento que o atormentava. Sem estar na primeira linha e fugindo sempre aos holofotes, Virgílio Vieira era um homem com quem o Portimonense pôde contar sempre na base da pirâmide. Uma ajuda preciosa, em particular nos momentos de maior dificuldade, uma opinião ouvida e respeitada, sempre com a lealdade e a descrição como marcas.

Daqui a uns anos, quando olharmos para o passado do Portimonense, Virgílio Vieira não constará no rol de presidentes marcantes, de treinadores de sucesso ou de jogadores que encantaram o público algarvio nem sequer foi uma figura de primeiro plano, muito por força da sua maneira de ser, avessa a esse tipo de exposição, mas para os que o conheceram e, sobretudo, para os que sabem da sua dedicação e das muitas horas de trabalho no clube, permanecerá a imagem de um homem que deu ao Portimonense uma boa parte da sua vida.

Nascido a 31 de Julho de 1935, em São Bartolomeu de Messines, no concelho de Silves, Virgílio da Silva Vieira era o sócio nº 87 do Portimonense e, além do relevante trabalho realizado durante cerca de quatro décadas nos alvi-negros, prestou ainda, durante algum tempo, colaboração ao Grupo Desportivo de Lagoa.

Um bem-haja a este grande homem do portimonense, e não posso deixar de relembrar as palavras do director José Rebelo em directo para o site do Portimonense em Oliveira de Azeméis logo depois de confirmada  a subida do Portimonense à Liga Sagres 2010/2011: «para neste momento relembrar duas pessoas que já não estão entre nós,  mas onde quer que estejam, estão com certeza a comemorar connosco», dedicando  este  extraordinário feito ao Sr. Virgílio e ao roupeiro Luís.

Webgrafia:
www.facebook.com
Deixe um comentário em baixo pelo Facebook ou envie para arquivos@portimonense.pt